Brancura

é a graduação em que o papel reflete a luz. A brancura é um atributos muito exigido nos papéis, pois realça as cores das tintas utilizadas nos processos de impressão.

     
CMYK

é a abreviatura do sistema de cores formado por ciano (cyan), magenta (magenta), amarelo (yellow) e preto (black). Esse sistema é empregado por imprensas, impressoras e fotocopiadoras para reproduzir toda a gama de cores do espectro visível, e é conhecido como quadricromia. É o sistema subtrativo de cores, em contraposição ao sistema aditivo, o RGB. O padrão CMYK é o mais usado para impressão em papel, onde quatro cores de tinta geram uma qualidade final melhor do que apenas três, enquanto que monitores e televisões usam o padrão RGB, onde são usadas apenas três cores.

     
Coloração

é a cor do papel, que pode ser pintado na superfície (pós-produção) ou colorido na massa, em seu processo de fabricação.

     
Cut-size

papel cortado em guilhotina industrial, em formatos de acordo com os padrões internacionais (como os formatos A3, A5, carta, ofício, legal, etc), ou conforme a necessidade de cada cliente.

     
desktop

impressão doméstica - Laser ou Jato de tinta.

     
Empastar

é o processo de colagem de um papel em outro. Por meio dele, é possível obter papéis de alta resistência e em gramaturas superiores às disponibilizadas pelos fabricantes.

     
Especial

é um papel especial aquele que apresenta característica diferente do papel offset comum, como por exemplo cores, texturas, brilhos, fragrâncias, resistência ou efeitos termo ou fotocromáticos.

     
Espessura

é a distância medida entre uma face e outra de uma folha de papel. Ela é sempre mensurada em micras.

     
Fibra

é o componente principal da fabricação do papel. O papel pode ser fabricado com polpa de fibras de algodão (nobres e altamente duráveis por serem longas), fibras provenientes dos frutos das árvores ou com polpa de fibras da madeira (fibras curtas provenientes dos caules das árvores e que podem ser tratadas quimicamente para o aumento de sua durabilidade).

     
Formato

refere se ao tamanho do papel (largura x comprimento). Comumente aferido em metros, centímetros ou milímetros.

     
Gramatura

é o peso, em gramas, por metro quadrado de um tipo de papel, daí a especificação  g/m2.   

     
Opacidade

é o contrário de translucidez e, em termos práticos, pode-se definir como a capacidade de uma folha de papel em inibir a visualização de caracteres impressos em seu verso.

     
Papel

é fabricado basicamente com polpas de fibras e água. Outros componentes são incluídos de acordo com a finalidade do papel como, por exemplo, cargas minerais. Eles possuem características visíveis (gramatura, espessura, brancura, opacidade, cor e textura) e invisíveis (tipo de fibra, colagem, pH e umidade).

     
pH

é o símbolo para a grandeza físico-química "potencial hidrogeniônico", que mede o grau de acidez, neutralidade ou alcalinidade de uma substância líquida. O pH varia em uma escala de 0 a 14, sendo pH ácido quando menor que 7, pH alcalino ou básico quando maior que 7, e pH neutro quando igual a 7.

     
Reciclagem

é o processo industrial ou artesanal de reaproveitamento de um material como matéria-prima para a fabricação do mesmo ou de um novo produto. Você sabia que 50 kg de papel reciclado evitam o corte de uma árvore de sete anos de idade?

     
RGB

é a abreviatura do sistema de cores aditivas formado por Vermelho (Red), Verde (Green) e Azul (Blue). É o sistema de cores utilizado para projeções de luz, como monitores e datashows, em contraposição ao sistema subtrativo, que é o das impressões (CMYK).

     
Scrapbooking

do inglês, é a arte de decorar e personalizar álbuns de fotografias.

     
Textura

são as marcas, ranhuras e desenhos, em relevo alto ou baixo, no papel.

     
Umidade

é o percentual de água contida em um papel.